domingo, 14 de agosto de 2011

Depoimento de usuário de Finasterida 1 mg que teve sua fertilidade afetada

Usuário "Furrymonkey" no forum Hairlosstalk.com (forum sobre calvície em inglês):
http://www.hairlosstalk.com/interact/showthread.php/56059-fin-propecia-the-perfect-contraceptive-infertility!?highlight=fertility

"Eu tenho tomado Finasterida (Marcas Finpecia e Propecia) por vários anos, e tem sido relativamente bom. Sem aparentes efeitos colaterais até agora. Tenho 32 anos. Comecei a tentar ter um filho há mais ou menos um ano, sem sucesso o que me levou a pesquisar se a Finasterida tinha algum efeito sobre fertilidade.***
Fiz um teste de contagem de esperma há três meses. Resultado: Basicamente sem espermatozóides normais, muito poucos espermatozóides e sem motilidade."


"O médico recomendou que eu parasse de tomar Finasterida 1 mg depois que ele mesmo pesquisou sobre o assunto. O problema é que dermatologistas e urologistas não se entendem, o que só torna as coisas mais difíceis. Então após ter parado de tomar o medicamento Finasterida por 3 meses, fiz outro espermograma e fiquei surpreso com os resultados. Concentração de espermatozóides foi multiplicada por 10 e mobilidade foi de zero para 25% (o normal e saudável é 50% aproximadamente). Farei outro teste em 3 meses para ver como anda minha fertilidade. Conclusão: Se você planeja ter filhos, aproveite esse depoimento como um aviso que o laboratório Merck não está nem aí com sua fertilidade. [Nota do moderador: Segundo o fabricante Merck, a Finasterida não afeta a fertilidade, não reduz a produção, a motilidade e normalidade dos espermatozóides.] Estou realmente furioso com as companhias farmacêuticas mentindo em nossas caras para vender seus produtos. Estou pensando em levar minha história aos jornais locais."
Em outro post ele escreve: "Definitivamente não teria tomado se soubesse desse efeito na fertilidade."


*** [Nota do moderador - Muitos médicos recomendam não tentar uma gravidez enquanto ainda estiver tomando Finasterida. Segundo eles, é necessário parar o remédio com pelo menos um mês de antecedência. Existe um risco de fetos do sexo masculino nascerem com má formação dos órgãos genitais se a mãe entrar em contato com o medicamento enquanto estiver grávida. Mesmo se o contato for através da pele, por um comprimido partido ou amassado. Esse risco está descrito na bula (veja abaixo). Devido a esse risco, muitos médicos costumam pedir ao pai que pare de tomar o remédio antes de ter um filho.]

O trecho a seguir é parte da bula para países de língua inglesa do Propecia (finasterida 1mg):
"PROPECIA is not for use by women and children. 
Who should not take PROPECIA? 
Do not take PROPECIA if you: 
• are pregnant or may become pregnant. PROPECIA may harm your unborn baby. 
o PROPECIA tablets are coated and will prevent contact with the medicine during handling, 
as long as the tablets are not broken or crushed. Females who are pregnant or who may 
become pregnant should not come in contact with broken or crushed PROPECIA tablets. 
If a pregnant woman comes in contact with crushed or broken PROPECIA tablets, wash 
the contact area right away with soap and water. If a woman who is pregnant comes into 
contact with the active ingredient in PROPECIA, a healthcare provider should be 
consulted. 
o If a woman who is pregnant with a male baby swallows or comes in contact with the 
medicine in PROPECIA, the male baby may be born with sex organs that are not normal. 


Tradução:

"Propecia não deve ser usado por mulheres e crianças.
Quem não deve tomar Propecia?
Não tome propecia se você:
* Estiver grávida ou pretende ficar grávida. Propecia pode causar danos ao feto.
Os comprimidos de Propecia são revestidos e irão prevenir o contato do medicamento durante o manuseio, desde que os comprimidos não estejam quebrados ou amassados. Mulheres grávidas ou que planejam ficar grávidas não devem entrar em contato com comprimidos partidos ou amassados de Propecia. Se uma mulher grávida entrar em contato com um comprimido amassado ou quebrado de Propecia (finasterida 1mg), lave a área de contato na pele imediatamente com sabão e água. Se uma mulher grávida entrar em contato com o ingrediente ativo no Propecia, um médico deve ser consultado.
Se uma mulher que está grávida de um bebê do sexo masculino engolir ou entrar em contato com a substância contida no Propecia (finasterida 1mg), o bebê pode nascer com órgãos sexuais que não são normais."




50 comentários:

  1. Estou tentado ter meu segundo filho há dois anos. Meu marido tomou finasterida durante um ano após nosso primeiro filho.Ele já fez três espermogramas e o resultado foi muito ruim. Poucos espermatozoides normais e sem motilidade. Ele está sendo acompanhado por um andrologista que disse que nem inseminação artificial resolveria nosso problema. Ele vai começar a tomar medicamentos para ver se melhora a qualidade e quantidade dos espermatozoides.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito por você estar passando por essa situação. Mas tenha certeza que seu depoimento aqui vai ajudar muita gente. A possibilidade de infertilidade é uma das questões mais polêmicas em torno da Finasterida. Muitos médicos respondem com veemência que isto não é possível. O fato de vocês já terem um filho prova que seu marido era fértil. Se a única coisa que mudou foi ele ter tomado Finasterida, isso diz muita coisa. Vou copiar seu depoimento para a seção de histórias pessoais. Obrigado e boa sorte no tratamento!

      Excluir
  2. Amigos em caso de haver diminuição di libido e com consequencias na ereção o viagra (ou similar) da jeito?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viagra e similares não tem qualquer efeito sobre a libido. Com relação a problemas de ereção causados por causa da finasterida, o viagra funciona em alguns pacientes e em outros não faz efeito. Muitos pacientes que desenvolveram síndrome pós finasterida reclamam que conseguem ereção com esses remédios, mas não tem vontade nenhuma de fazer sexo e às vezes nem conseguem ejacular.

      Excluir
  3. Tomei por um ano e não vi efetos negativos, no periodo engravidei minha esposa e meu filho (com 9 anos hoje) é normal, sem nenhum problema, deixe de tomar só com medo da impotencia, continuo com cabelo (hehehe) ralo mas tenho, penso em voltar a tomar gostaria de uma opinião sobre impotencia e se os remédios para impotencia pode ser tomado se precisar, mesmo tomando finasterida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, não cometa a besteira de voltar a tomar finasterida. A cada dia surgem novos depoimentos sobre efeitos colaterais muito ruins, inclusive há casos de homens que nunca mais conseguiram ter uma ereção. O problema da fertilidade é só mais um entre tantos...

      Excluir
  4. minha namorada engravidou durante o tratamento isso
    tem algun problema pro feto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      O grande risco que foi detectado em estudos até hoje foi o risco de alteração nos genitais do feto masculino se a mulher entrar em contato com a substância ativa do remédio, enquanto estiver grávida. Essa advertência está contida na bula. Muitos médicos advertem o pai a parar o medicamento antes de uma gravidez. Converse com seu médico.

      Excluir
  5. Acho muito vago e até de uma certa falta de responsabilidade postar o comentário referente à má-formação do órgão genital masculino como uma verdade absoluta.

    É meramente um comentário. Concordo com o intuito de compartilhar informações, mas não de forma leviana assim, colocando até como destaque na própria matéria.

    Tal informação, se fosse verdadeira, seria de uma natureza muito grave e definitivamente haveriam muito mais alertas e estudos a respeito. Fora que a venda do remédio seria muito mais controlada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O trecho a seguir é parte da bula para países de língua inglesa do Propecia (finasterida 1mg):

      "PROPECIA is not for use by women and children.
      Who should not take PROPECIA?
      Do not take PROPECIA if you:
      • are pregnant or may become pregnant. PROPECIA may harm your unborn baby.
      o PROPECIA tablets are coated and will prevent contact with the medicine during handling,
      as long as the tablets are not broken or crushed. Females who are pregnant or who may
      become pregnant should not come in contact with broken or crushed PROPECIA tablets.
      If a pregnant woman comes in contact with crushed or broken PROPECIA tablets, wash
      the contact area right away with soap and water. If a woman who is pregnant comes into
      contact with the active ingredient in PROPECIA, a healthcare provider should be
      consulted.
      o If a woman who is pregnant with a male baby swallows or comes in contact with the
      medicine in PROPECIA, the male baby may be born with sex organs that are not normal.
      • are allergic to any of the ingredients in PROPECIA. See the end of this leaflet for a complete list
      of ingredients in PROPECIA."

      Segue o trecho sobre gravidez e a tradução:
      "If a woman who is pregnant with a male baby swallows or comes in contact with the
      medicine in PROPECIA, the male baby may be born with sex organs that are not normal."

      "Se uma mulher que está grávida de um bebê do sexo masculino engolir ou entrar em contato com a substância contida no Propecia (finasterida 1mg), o bebê pode nascer com órgãos sexuais que não são normais."

      Link:
      http://www.merck.com/product/usa/pi_circulars/p/propecia/propecia_ppi.pdf

      Excluir
    2. olá!
      estou entrando no blog pela primeira vez e estou adorando tudo.
      Meu médico me avisou antes de usar o medicamento q eu deveria tomar anticoncepcional (sim, sou mulher e tomo finasterida), pois havia um risco caso engravidasse de um menino.
      Acho que não pe exagero nem irresponsabilidade, e sim muito honesto e correto...

      Excluir
  6. Tomei Finasterida 1mg por dois anos !! senti alguns problemas como desânimo, e até depressão !! não sei dizer se tem alguma relação como o remédio !! parei de tomar, mas conforme meu cabelo vai caindo, penso em voltar. Consultei alguns médicos, como oncologistas e endocrinologistas e estes afirmaram que não existe nenhum problema ! confesso que não sei o que pensar a respeito do uso de finasterida 1mg !! só sei que muita gente toma !!

    ResponderExcluir
  7. Fiz uso da finasterida por mais de 10 anos... No começo, até tive bons resultados e efeitos colaterais míninmos. Com o passar dos anos, comecei a perceber uma redução da minha libido. Até então, naquela época, vinte e poucos anos, mais jovem, saudável, isso ainda não era um motivo para suspender o tratamento. Nos últimos meses comecei a apresentar problemas nítidos de ereção e libido. Fiquei muito preocupado, quase entrei em depressão. Só conseguia fazer sexo com viagra, e mesmo assim sem aquela vontade toda. Resolvi parar com a finasterida, mas os efeitos ainda se refletem em meu organismo. Faz uns 4 meses que parei. A minha produção de esperma parece estar se normalizando agora, pq nos primeiros meses tinha aquela consistência rala, aguada. Tive sérios problemas de ereção, mesmo após a suspensão do tratamento. Mas depois que entrei na academia, percebi uma melhora na ereção e na libido. Talvez o meu equilíbrio hormonal esteja realmente se restabelecendo, mas no começo da suspensão eu sofri... Achei que ia ficar importente. Não estou 100% ainda, mas melhorei muito.

    Quem deseja fazer o tratamento com a fina, deve estar absolutamente consciente dos riscos.

    Minha calvície reiniciou, e eu em breve estarei colocando uma prótese parcial na área afetada pela calvície. Muito melhor, imperceptível, indetectável, sem cortes, preço acessível e excelente resultado. Recomendo... Melhor do que tomar um medicamento que oferece sérios riscos à saúde do homem, conforme demonstrado através das dezenas de novos artigos, e com resultados medíocres.

    ResponderExcluir
  8. Respostas
    1. Patrícia,
      Está explícito na bula que mulheres não devem tomar finasterida. Também está na bula também que mulheres em idade fértil não devem nem manusear comprimidos de finasterida, principalmente se estiverem partidos ou esfarelando. Se estiverem grávidas, o contato com a finasterida pode causar má formação dos orgãos genitais do feto masculino.
      Apesar de ser contra a indicação original do remédio, muitos médicos no mundo tem prescrito Finasterida para mulheres. O problema é que:
      - Muitas mulheres não tem qualquer benefício em usar, não apresentam resultados satisfatórios.
      - A dose necessária para a mulher pode ser maior que para o homem, o que aumenta o risco de efeitos colaterais.
      - Existe o risco de desenvolver efeitos colaterais persistentes, que não resolvem ao parar o remédio, da mesma forma que o homem. Entre eles: Depressão, falta de libido, problemas cognitivos. Uma leitora do blog entrou em contato contando a história dela, e segundo seu relato, apresenta até atrofia do clitóris e secura vaginal, mesmo já tendo parado de tomar finasterida há um ano.

      Excluir
    2. Sou mulher, 37 anos, e tomo há 6 meses.
      Ainda não sei o q pensar...no primeiro mês não menstruei, mas depois voltou ao normal e não tive nehhum outro efeito até agora, ou não percebi.
      O q tenho certeza é q minoxidil e avicis, por várias vezes ajudou muito, junto com as vitaminas, e tb tenho certeza q vou ter este problema pra sempre...e pra sempre é muito tempo pra usar um medicamento q deve ser usado pelo menos 2 anos pra ter bom efeito com todas estas ressalvas. Mas de acordo com congressos de dermatologia, existem bons resultados...a questão é...até onde vale a pena?

      Excluir
  9. Bom sabemos mais que nunca q antes de tomarmos um remedio devemos ter a palavra de um medico. Mais vamos dizercque 60 por cento nao vao,incluindo eu. Rsrs. Fiquei sabendo desse remedio atraves de um amigo que estava ficando careca,ele foi ao medico e o medico dele receitou esse medicamento a ele,e disse todos os riscos que ele poderia ter. Alem da propria bula dizer os problemas que poderao surgir ou ter que enfrentar. Mais vejo que nao se fala muita coisa da mulher quanto a falta de apipite sexual,e se da algum aumento nas partes intimas da mulher. A minha pergunta e : alem de ter o perigo do feto nascer com ma formacao,qial outros problemas que a mulher podera enfrentar? Desde ja agradeco a atencao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Só para relembrar, mulheres não devem tomar Finasterida. Fiquei em dúvida se você é uma mulher que quer tomar, ou se está preocupado com algum risco à sua parceira (se for isso, não há risco, somente se ela tomar o remédio ou tiver contato com o comprimido). No caso de mulheres que tomam Finasterida, há o risco de depressão, fadiga, e já li alguns depoimentos em que houve atrofia do clitóris e secura vaginal a ponto de causar problemas.

      Excluir
  10. A minha dúvida é: Eu tomo finasterida há 7 anos e eu e minha namorada pretendemos ter um filho. Mesmo que ela não tenha contato com o comprimido do finasterida, é necessário que eu pare o tratamento? Os meus espermatozoides podem estar comprometidos pelo fato de eu tomar finasterida há 7 anos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,

      Primeira dúvida - Essa questão é polêmica. Alguns médicos defendem que o homem tem que parar de tomar o remédio sim, na época da concepção. Outros médicos dizem que não há problema. Mas a verdade é que não existe um estudo a respeito sobre o assunto. Nos foruns internacionais, 95% dos depoimentos que eu li de pais que não pararam de tomar finasterida no período da concepção, declaram que tiveram filhos absolutamente normais. Apenas um depoimento alegava que o filho tinha o pênis muito pequeno, quase um micro-pênis (o que não quer dizer que tenha sido a finasterida, mas também não podemos contestar que a Finasterida não tenha tido influência no caso). Os outros membros do site responderam no Thread que tiveram filhos meninos normais.
      Segunda dúvida - Só você fazendo um espermograma, mas é possível sim. Normalmente o quadro se reverte alguns meses após interromper o tratamento, e numa parcela menor de pacientes há o risco de esterilidade (informação que foi adicionada na bula do Propecia americano).

      Excluir
  11. Tomo finasterida ha cerca de 9 anos. Recomendação dos dermatologistas.As vezes paro por um tempo, algumas semanas. NUNCA senti nenhum efeito negativo. Meu atual dermatologista me disse que o único "risco" que eu corro é prevenir câncer de próstata. Sou casado e não penso em ter filhos num futuro próximo, quando quiser ter filho posso fazer um espermograma para verificar as taxas.

    ResponderExcluir
  12. Tenho 34 anos e uma calvície bem acentuada.
    Uma pessoa que toma Finasterida me recomendou tomar esse medicamento.
    Mas, falando sério, há tanto tempo que convivo com a calvície (começou aos 18 anos) que nem faço mais questão de recuperar os cabelos.
    Imagino que problema maior que perder os cabelos para nós homens é perder o desejo sexual, e sofrer com impotência e infertilidade.
    Portanto, é melhor ser careca e feliz sexualmente do que cabeludo e impotente.
    Acredito que minha opinião sirva de alerta para quem principalmente nunca tomou Finasterida e estava pensando em tomar assim como eu estava em alguns momentos.
    Obrigado por este blog existir e que sirva de aviso aos outros que não vale a pena correr o risco de ter problemas maiores, eu é que não vou me arriscar! Um abraço a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curti muito seu comentário!!
      Sou mulher e tomo finasterida.
      E cada vez q um amigo me pergunta sobre o assunto, pois tb sou farmacêutica, fico me perguntando...pra quê???
      Homem ficar careca é tão natural...qual o problema? Acho melhor fazer uma análise, repensar...do que entrar para um mundo desconhecido.
      Pra nós, mulheres, é q é muuuuuito chato.
      Parabéns!! Não condeno quem toma, mas admiro quem não toma!

      Excluir
  13. Eu tomava finasterida fazia 3 anos, porém vou compartilhar o meu drama. Eu sempre fui sexualmente falando muito resistente quanto a chegar ao orgasmo prematuramente. Porém após 3 anos tomando esse medicamento comecei a experienciar problema de ejaculação precoce ao ponto de minha esposa praticar sexo oral em mim e eu não ter resistência e mandar ela parar pois senão eu chegaria ao orgasmo, nunca tive este problema portanto, como eu disse eu sempre fui muito resistente sexualmente falando, e isso é muito estressante não poder curtir um momento de prazer sexual por causa desta tal de finasterida, prefiria mil vezes ficar careca. Faz dois meses que eu parei de tomar, e tem pessoas que falaram que a ejacualação precoce acaba depois de 3 meses, mas sinceramente não sei, tem gente que falou que esses efeitos são permanentes. Gostaria de fazer uma pergunta, por favor MODERADOR se você souber e puder me responder. Se eu ficar 3 meses sem usar finasterida, é possível que eu volte a não sentir mais ejaculação precoce??? Sabes alguma coisa sobre isso??? Estou até exercitando meu musculo PC (pubococcígeo) para controlar minha ejaculação. Aguardo uma resposta MODERADOR se você souber e puder me responder. Obrigado e abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Se o seu plano é ficar três meses sem usar, e depois voltar a tomar a Finasterida, dificilmente algo vai mudar e isso pode até lhe prejudicar. A Finasterida não é uma droga que deve ser interrompida e retomada, pois causa variação hormonal nesses períodos. Se o seu plano é parar completamente, não tenho como prever sobre a ejaculação precoce, mas o mais provável é seu corpo ir melhorando aos poucos. Li muito poucos casos de ejaculação precoce com Finasterida, então fica difícil para mim fazer uma previsão segura sobre seu caso.

      Excluir
    2. Entendi, mesmo assim obrigado. Não, na verdade meu plano é não voltar a tomar finasterida, eu só queria saber se meu problema seria resolvido após 3 meses (que é o prazo que em média os efeitos colaterais desaparecem, ou pelo menos alguns) mas é óbvio vou ficar sem tomar a minha vida toda. Eu achei que era incomum eu ter tido ejaculação precoce por causa da finasterida, mas eu vi vários sites americanos em que as pessoas experienciavam EP mais do que se possa imaginar, e o motivo é muito simples (não sou nenhum especialista) mas este remédio foi originalmente criado para homens com problemas na prostata, relacionadas a problemas urinários etc) só que para este efeito não foi muito eficaz então utilizaram para calvície, mas o que ocorre é que finasterida gera encolhimento da próstata em até 1/3 (pelo o que ouvi falar) e isso pode causar sim ejaculação precoce, embora não tenha certeza se a minha EP é por causa do medicamento ou sim por uma casualidade ou qualquer outro fator, mas pelo que vi, muitos e muitos americanos apresentaram o problema que estou passando neste momento. Me desculpe tentar explicar a relação da EP com finasterida, pelo que eu entendi é isso que expliquei acima, mas não tenho propriedade de falar sobre este assunto, como um médico teria. Obrigado pela abertura de falar sobre meu caso e abraços a todos.

      Excluir
    3. Obrigado a você pela visita ao blog! Abraço

      Excluir
  14. Tomo finasterida a mais de 8 anos e nunca tive problemas com libido. Pelo contrário, acho que até melhorou com o tempo. A única coisa que percebi foi o ejaculado ficar mais ralo. Mas uso com recomendação do dermatologista que inclusive, recomenda a seus filhos desde os 17 anos de idade. Já perguntei a outros médicos também sobre a possibilidade do finasterida prejudicar a ter filhos e a resposta foi nenhum problema. Mas por desencargo de consciência, irei fazer um espermograma na época em que quiser engravidar minha mulher. Acredito, que as pessoas que tiveram problema, deram azar e fazem parte dos 1% de probabilidade de terem problema com o uso do remédio.

    ResponderExcluir
  15. Meu dermatologista receitou Finasterida 1mg para a queda do cabelo, mas após ler o que aqui está escrito já não sei o que devo fazer? Seguir o conselho médico e iniciar o tratamento ou... nem começar? Já comprei 3 caixas do produto (para uso prolongado) mas nem sei o que fazer. O que me aconselham?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Essa é uma decisão muito pessoal, não posso lhe dizer que tome ou não, você tem que pesar se vale a pena correr o risco. Obviamente a posição do blog é claramente contra o uso de finasterida. Tudo que está publicado no blog nesta página e em todas as outras é verdade e está acontecendo com milhares de homens que tem sofrido em silêncio, e se arrependem de ter confiado nesse medicamento. O que posso lhe dizer é: pesquise bastante antes de tomar. Existe muita coisa publicada já sobre esse remédio. Leia com calma a página de histórias pessoais aqui no blog (veja em postagens populares, na barra lateral). Leia a página de estudos, leia outros sites, visite os sites dos links externos. E leia também como funciona a indústria farmacêutica, os procedimentos, como é a relação entre médicos e laboratórios, etc. Pesquise bastante para você poder fazer uma decisão consciente. Uma semana a mais ou a menos não vai fazer diferença na sua queda de cabelo e você tem tempo para pesquisar. Outra coisa que posso lhe dizer é que se você decidir não tomar, é melhor não tomar nenhum comprimido. Nem começar. Existem homens que tiveram problemas já na primeira semana. Já outros homens tomam por anos, aparentemente, até o momento, sem problemas.
      O problema é que ninguém consegue dizer com certeza quem pode ter esses problemas, e a porcentagem dos homens que tomam e tem problema. Tomar um remédio envolve analisar o risco-benefício. Com relação à calvície existem alternativas como o implante ou até um processo gradual de aceitar a calvície e raspar a cabeça. O que hoje pode parecer um grande problema, no futuro pode ser um detalhe bobo que não faz a menor diferença na sua qualidade de vida. Já um problema de saúde é algo extremamente difícil de lidar se não houver um tratamento específico.

      Excluir
  16. senhores, fiz uso do finasterida por anos e confesso q nao percebi nenhum efeito colateral ao longo destes. qt a interferencia na produçao de esperma, darei meu ultimo relato:tenho 46 anos, e aos 44 fui pai, hj meu filho tem 2 anos, este, lindo e saudavel, nunca tive problema algum nas minhas relaçoes sexuais, como, falta de ereçao, tenho uma vida normal, acredito na palavra do meu medico, onde me afirmou q eu nao teria problema patologico algum com uso do finasterida. abs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por compartilhar sua história. Realmente, existem muitos homens que não sofrem efeitos colaterais da finasterida. Infelizmente, existe também o outro grupo, que tem efeitos colaterais. Relatos como o seu são bem vindos, ajudam a mostrar que existem os dois lados da moeda. Obrigado pela visita!

      Excluir
  17. Tenho 52 anos e parei de tomar a finasterida no final de 2011, não por sentir algum efeito colateral, mas porque achei que a queda de cabelo não era tão preocupante. Seis meses depois, aproximadamente, comecei a notar uma certa dificuldade em manter a ereção, e hoje, para ter uma relação plenamente satisfatória, tenho que tomar algum remédio tipo viagra. É possível que isso tenha alguma relação com a finasterida, mesmo que eu tenha parado seis meses antes de sentir os primeiros sinais de uma disfunção erétil?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é possível. Alguns homens não tem efeitos colaterais durante o tratamento, e só apresentam problemas de ereção depois de descontinuar o remédio. Normalmente, nesses homens, esses efeitos aparecem entre 15 dias a dois meses após parar de tomar o remédio, acompanhados ou não de sintomas de ansiedade, depressão, insônia e agitação. No seu caso, apesar de você relatar que passaram seis meses entre a parada do remédio e a perda de ereção, existe a possibilidade. Se além da dificuldade de ereção, você também apresentar menor sensibilidade no pênis e falta de libido a probabilidade é grande que o causador tenha sido a Finasterida.

      Excluir
  18. Caro Moderador, muito grato pela atenção. Na próxima consulta com o urologista vou relatar essa situação. Quanto aos demais sintomas não venho apresentando, não obstante uma leve depressão que vez ou outra aparece (mas é anterior ao início do uso da finasterida), mas nada que preocupe. Só fico chateado com o problema da disfunção erétil, pois não imaginava que isso fosse acontecer comigo tão cedo. E parabéns pelo ótimo blog.

    ResponderExcluir
  19. do que adianta ter libido sem cabelo ai não tem quem comer

    ResponderExcluir
  20. bom se vc for abençoado por Deus vc tera os dois caso não vc escolhe entre cabelo e pinto kkkkkk euu no caso to tendo q escolher preferi o pinto tenho 21 anos e ta comçando a piorar a queda ta foda to indo de galã de novela pra veio feio fdp

    q odio q tenho de mim

    ResponderExcluir
  21. minha pergunta e: resolve para mulher, fiz uso de anabolizantes a um ano atrás e meu cabelo n para de cair estou muito preocupada e nd resolve já fui em dermatologista n acha nd e já tomei d tudo.. o finasterida resolve para mulher

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A finasterida não é indicada para mulheres. Inclusive não é aprovada por nenhum órgão de saúde para o uso em mulheres. Existem avisos específicos na bula. Os médicos que prescrevem finasterida para mulheres fazem de forma "off label". É uma forma experimental, pois não existem estudos suficientes em mulheres. Os relatos que li, indicam que a finasterida não funciona em todas as mulheres e que é necessária uma dose maior que nos homens para ter algum efeito. Além disso, o risco de efeitos colaterais sérios também é válido para mulheres, como: perda de libido e depressão séria, além de outros sintomas neurológicos que também ocorrem em homens. Já recebi relatos de leitoras que tiveram também: secura vaginal muito grande e que não reverteu após parar de tomar o remédio e atrofia do clitóris.

      Excluir
  22. Tomo finasterida 1 mg aproximadamente há 7 anos. Até então nunca notei algum efeito colateral, mas ultimamente percebi uma forte caída da minha libido. Pesquisei na internet e descobri esse blog. Li as matérias e fiquei mais ainda preocupado.

    Imediatamente suspendi o uso de finasterida, aguardando a reversão dos sintomas, que não ocorreu.

    Depois de ter adiado 2 encontros com minha namorada, tive que dizer a ela que suspeitava que a finasterida reduziu muito minha libido e estava apresentando problemas de ereção. Minha namorada respondeu convicta que, se eu ficar pensando isso, realmente apresentaria disfunção erétil.
    Convicta que o problema é psicológico, ela me acalmou e fomos para a cama. Naquela situação, eu não senti na obrigação de ter ereção – aliás, eu havia advertido que suspeitava que a finasterida reduziu minha libido. Minha namorada foi com calma e paciência conversando comigo e me estimulando. Resultado: eu fiquei excitado, com ereção 100% e meu desempenho sexual foi muito acima do que eu esperava. Com ajuda da namorada, minha disfunção erétil durou um pouco mais que uma semana.

    Depois disso, pensei em compartilhar essa experiência nesse blog, mas eu havia lido a matéria sobre a “síndrome pós finasterida”. Essa matéria reduzia minha confiança de ter restabelecido minha libido e restabelecido minha ereção 100%. Então deixei de frequentar esse blog por um tempo. Resolvi esperar até minha confiança ser restabelecida a ponto de não deixar que algumas matérias e os comentários aqui postados influenciem negativamente meu psicológico.

    Dois meses após suspender o uso de finasterida, meu cabelo voltou a ser ralo. Então retornei a tomar o medicamento. Apesar disso, minha libido permaneceu normal; e, se ela voltar a diminuir, suspendo o uso da medicação por um tempo.

    Com base na minha experiência, eu conclui que a finasterida pode reduzir a libido e consequentemente causar disfunção erétil. Porém, ao interromper o uso do medicamento, esses efeitos colaterais cessam (LÓGICO QUE DESDE QUE O PSICOLÓGICO NÃO ESTEJA ABALADO).

    Se você quer superar seu problema com o medicamento, não se deixe influenciar por matérias e comentários pessimistas. Lembre-se que O ESTADO EMOCIONAL (PSICOLÓGICO) PODE ATRAPALHAR A EREÇÃO DE HOMENS QUE NUNCA TOMARAM FINASTERIDA: IMAGINE ENTÃO O QUE PODE FAZER COM OS HOMENS QUE APRESENTAM PROBLEMAS RELACIONADOS AO MEDICAMENTO.

    Os poucos comentários otimistas aqui presentes me ajudaram psicologicamente. Por isso, estou postando mais um para que possa ajudar homens que estão passando pelos problemas que passei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por compartilhar sua experiência!

      Excluir
  23. Boa noite!
    Meu nome é Frank, e moro no Brasil.
    Tenho 42 anos e tomo esse veneno há 6 anos devido queda de cabelos.
    Quando pesquisei em 2007 não havia foruns sobre os efeitos colaterais [eu jamais teria tomado se tivesse visto esse forum antes].
    Meu cabelo parou de cair, de fato não fiquei careca [caminhava pra isso], mas hoje cedo foi o ultimo comprimido que tomei!
    Não tive disfunção erétil nem perda de libido ["envorvo" minha "mina" quase que diariamente e cheguei a 4 masturbações na última segunda feira, 25.11.13, um dia de "fúria", embora as ereções matinais e espontâneas não sejam como eram antes.

    Mas de qualquer modo, NÃO VOU MAIS TOMAR ESSE "VENENO", VOU PROCURAR UM MÉDICO E FAZER TODOS OS EXAMES, E DEPOIS VOLTAREI AQUI PRA CONTAR OS RESULTADOS!!

    Sucesso à todos.
    Frank

    ResponderExcluir
  24. tomo finasterida há 8 anos e nunca tive qualquer problema. havia uma dúvida de como estariam os meus espermatozoides depois desse tempo, mas minha esposa engravidou logo na primeira tentativa.

    minha dúvida: o contato do meu esperma com a mulher gravida pode prejudicar o bebe? devo usar camisinha durante a gravidez para evitar o contato? como saber se posso ter efeitos colaterais no futuro?

    ResponderExcluir
  25. Minha história com esse medicamento não se diferencia muito em relação aos diversos depoimentos que li, portanto irei me abster dela. Não sei se é de conhecimento de muitos aqui os benefícios da "vitamina D". Obtive ótimos resultados em todos os sintomas, seguindo os procedimentos de como absorver de forma natural essa "vitamina" ( entre aspas pois os especialistas afirmam que é um hormônio ).

    Pesquisem:

    1- Os benefícios da vitamina D
    2- Vitamina D aumenta a testosterona
    3- Vitamina D combate depressão

    ResponderExcluir
  26. usei a finasterida por 5 anos sem nenhum problema. Só no quinto ano que começei a sentir queda na libido. Resolvi parar o medicamento. há 6 anos parei de usar e até hoje não sinto mais sensibilidade no pênis. perdi totalmente a capacidade de sentir prazer. só consigo ereções usando viagra ou cialis. não consigo ejacular e quando tento forçadamente a ejacular, quase não saí nada.
    Já fui no endocrinologista e todos os meus hormônios estão normais.
    Atualmente eu levo uma vida normal, trabalho, viajo, treino musculação, corro, tenho lazer.. mas perdi a capacidade de sentir prazer. Faço sexo com remédios e sem sentir nada. é complicado, mas o ser humano tem uma grande capacidade de adaptação.
    para mim a finasterida me deixou paraplégico do pênis. Eu ainda tenho, consigo ter ereção com remédios, mas não sinto nada. E vida continua, poderia ter sido pior. Poderia estar numa cadeira de rodas, em coma, morrido, tomado um tiro, cirrose, aids, cancer..
    Meu recado para as pessoas que querem tomar finasterida é o seguinte,
    Antes de tomar, esteja ciente que pode ficar impotente para o resto da vida, pode acontecer em 10 anos ou 1 semana, ninguem sabe. O risco é todo seu. Faça sua escolha.

    ResponderExcluir
  27. Olá meu nome é Rodrigo tenho 35 anos e tomei finasterida 1mg por 3 a 5 meses para combater a queda de cabelos foi prescrito por uma dermatologista, apos um periudo de uns 3 meses comecei a sentir fraqueza muscular, ondas de calor, passei a ter gripes constantes, alergias, dormência na região do pênis e escroto achei que estes sintomas eram os piores resolvi parar de tomar o finasterida foi na data de Setembro de 2011 para minha surpresa o pior estava por vir. Eu estava em uma hotima fase proficional realmente eu estava muito bem no mes de Novenbro de 2011 comessei a viver um problema sem pressendentes em minha vida tive do nada uma crise de ataque de panico e uma crise aguda de anssiedade aonde eu por 20 dias eu tinha medo ate de sair do quarto era mais desesperador ainda por que eu não via motivos para aquilo que esta acontencendo e que estava mudando a minha vida, vou resumir fui diaguinosticado como anciedade generalizada me deram os CIDs F10 / F11 fiquei afastado do trabalho pelo NSS por 4 meses perdi o emprego não conssigo esercer mais as minhas funções ontem dia 22/04/2014 lembrei do finasterida e que ele poderia ter sido o gatilho para esta situação fis uma pesquisa hoje e encontrei o que acredito ser a minha resposta.
    "O estudo de Traish revela detalhes. Quando o Finasterida entra no tecido do cérebro, ela afeta a produção de mais hormônios do que somente DHT. Em particular, Traish acredita que os neuroesteróides sofrem maior risco - químicos cerebrais que atuam na redução da ansiedade, aumentando a memória, fazendo crescer novas células cerebrais e ajudando no sono."

    "Existe outra questão para os homens que já estão lutando contra sentimentos de desespero por suas vidas sexuais destruídas: Pelo menos dois estudos mostraram que a Finasterida pode causar um conjunto de sintomas depressivos. E ano passado, pesquisadores na Alemanha demonstraram que a Finasterida inibe o crescimento de novos neurônios na parte do cérebro conhecida como Hipocampo. Esse tipo de 'falha em crescer' também foi verificada em pessoas que sofrem de depressão."
    link da fonte: http://sindromeposfinasterida.blogspot.com.br/p/reportagens.html
    Pessoal eu não tenho sertesa de nada é so uma ipotesse, mas ajudaria se podesem me diser sé já ouviram ou leram augum relato de usuarios de finasterida com estes sintomas ou similares esto tentando entender o que aconteceu com migo obrigado pela atnção e desejo toda saude para voceis!

    ResponderExcluir
  28. Boa Tarde a todos ... Me chamo Eduardo tenho 32 anos, eu tomo finasterida 1 mg a exatos dois anos por recomendações médicas por causa excessiva de queda de cabelo ... confesso q foi a ultima alternativa dada por ele ... me pediu para fazer o espermograma antes de iniciar e refazer todo ano ... peguei o terceiro resultado e não obtve diferença relevante entre eles ... Eu não posso me queixar ... continuo quase da mesma forma ... questão a sexo sempre fui uma pessoa tranquila .. nunca fui taradão .. mas confesso q hj em dia estou um pouco mais assanhado ... continuo com a mesma dificuldade d gozar como sempre ... ereções normais ... o esperma ficou um pouco ralo no começo, nos primeiros seis meses, mas depois voltou a normalidade !!! Continuo com a disposição de encarar a academia, trabalhar e retomar minha segunda graduação !!! Estou com uma cabeleira linda de dar inveja a muito careca e calvo ... saude muito boa ... problema mesmo foi a caspa que nao larga de mim a quase um ano ... mas fora isso tudo tranquilo ... pretendo no final do ano ter meu primeiro filho ... claro q antes disso acontecer eu irei consultar o meu bom e amigo médico !!!

    Finasterida foi uma benção na minha vida ... eu chorava pelas quedas dos cabelos .. andava deprimido e com baixa estima ... hj não ... com peito estufado, queixo erguido e uma cabeleira bonita e revigorada !!!

    Abraço a todos e depois falo do que meu médico disse quando eu resolver ter meu filho !!!

    ResponderExcluir
  29. bom eu comecei tomando finasterida não por que sou calvo,meu pai é calvo mas eu não,na realidade foi justamente pelos efeitos antiandrogenos que ela produz usei por pelo menos 4 meses parei mais pelos efeitos colaterais não os exemplificados ai em cima pois bem,eu tomava aquela de 5 mg eu sentia muitas náuseas, enjoos e principalmente cefaleia isso mesmo, não está descrito em nenhum depoimento parei mais por causa desse efeito colateral quanto aos outros descritos ai em cima é pura verdade ,dor nos testículos,falta de ereção,perda de libido,esperma aguado e muita muita dor nos testículos e na virilha no meu caso no meu entendimento que é casado tem vida sexual ativa e planeja tornar-se pai constituir família deve pensar bem volto a ressaltar não sou calvo apenas tomei pelos efeitos antiandrogenos

    ResponderExcluir
  30. Minha esposa estava com o cabelo caindo e procurou uma Dermatologista que receitou Finasterida pra ela tomar. A Dermatologista não explicou nada sobre efeitos colaterais em mulheres e gestantes e minha esposa estava gravida de 3 a 4 semanas e nao sabia da gravides e muito menos dos efeitos colaterais e de 5 pra 6 semanas ela sangrou muito e perdeu a gravides. Ela chegou a tomar 8 comprimidos. Será que foi essa Finasterida que provocou o aborto? Quanto tempo ela fica no organismo? Qual seria um tempo de segurança para ela engravidar novamente? Estou muito muito muito furioso com ela e estou pensando em processala.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto muito por sua perda. Rapaz, que absurdo. A médica não poderia ter receitado a finasterida para sua esposa sem ter explicado que abslutamente não deve ser usado na gravidez. Em primeiro lugar, finasterida nem é indicado para mulheres, é um remédio específico para homens. Os médicos que prescrevem para mulheres fazem de forma "off label" (experimental). O risco é de haver má formação dos genitais do feto do sexo masculino. O neném pode nascer com o pênis e testículos com má formação. A médica, no mínimo teria que ter perguntado a sua esposa se não havia possibilidade dela estar grávida e em caso de dúvida, teria que ter pedido um exame de gravidez antes de pensar em receitar finasterida para ela. É muito difícil dizer se a finasterida pode ter influenciado o aborto, mas é uma possibilidade. A finasterida influi em hormônios e um início de gravidez é um período sensível. O remédio é eliminado rapidamente, mas o efeito da finasterida sobre o hormônio DHT leva até 7 dias. Não há problema em tentar uma nova gravidez, mas na minha opinião, seria prudente esperar um pouco mais antes de tentar. Pelo que vejo no tempo de recuperação nos homens que tomam finasterida e param de tomar, eu acho prudente esperar no mínimo 30 dias, e com mais segurança, 60 dias.

      Excluir